10.26.2009

amante3x4

... as vezes o estar junto é mais forte que o horário,
qualquer horário... teria você uma amante? me custa pensar...
é que o desejo neste jogo, compõe uma tríade com o conflito e a culpa,
neste caso, o que seria feito dessa sua agenda linda?
.
ciúme. uma amiga ciumenta te rouba os sonhos quando com ela
você economiza seus pensamentos, por isso fria!
percebe? já somos quatro...
.: bruna mansani [artista-plástica que não sabe que seus recados/repostas/poemas no orkut estão sendo lançados em la rueda de la escritura].


se somos quatro, de quatro ela espera por mim. tenho uma amante submissa à traição, é com tração nas quatro pernas que me leva à morfeus e à sua.
.
já o desejo, ameaça aquela outra, preenchida por ele. aquela em que assino tarefas é aquela preenchida pelo ordinário, agenda de capa azul. Minha boa relação com a (não dita) esposa faz da amante um prêmio.
.
não há jogo, apenas me jogo à aventura de compor versos à sua amante, aquela que você me mostrou em sonhos despertos.
.
Agora aprendo a amar a minha, na poética com que você ama a sua...
.: oberDan piantino [artista gráfico - se divertindo com a brincadeira espontânea que surgiu a partir do simples comentário de Bruna sobre sua ----. feliz de ter aceitado o convite invisível de responder o primeiro recado.


[bruna quis achar uma nome para aquela que a chama no final das noites - oberDan agora quer uma foto 3x4 de sua nova paixão platônica].

4 comentários:

brubi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

dan!! lindooo, ameeeei!!!!!!! tive o ímpeto de responder assim o seu primeiro recado (com o meu tradicional momento tiete, que acabou de se tranferir para cá) porque já sei da qualidade do seu texto, e achei muito bonito o retorno, que pra mim foi um presente. que bom que também resolvi arriscar te responder... sabe, eu acho a interlocução, a contrapartida, práticas muito bonitas. com sua ajuda consegui fazer de um momento triste, se não menos triste, mais bonito, no texto...
.
e segunda passada, resolvi bisbilhotar novamente seu blog... qual não foi a surpresa!!! grrr não fosse minha curiosidade peculiar..

beijo,
bruna

oberDan piantino disse...

"resolvi arriscar te responder... sabe, eu acho a interlocução, a contrapartida, PRÁTICAS muito bonitas."
. Mais do que beleza, há na contrapartida uma prática e isso faz toda diferença. Muito bacana fazer da experiência de ouvi-la falar de sua cama e de ler seu recado-descoberta uma escrita-espontânea. Você tem muita poesia no jeito de explicar suas sensações - arte minha cara, sensibilidade.
. Sem tietagem, acho que fizemos uma obra cuja espontaneidade não tem nada de ingênua. Fizemos da ação de "dar nome ao objeto de intimidade" um exercício poético. Valeu a parceria e a curiosidade. Meu presente é ter um ouvido e a escrita sensível à fala do outro.
. Sigo em minha prática de promover encontros, e fico feliz do termo "escritores invisíveis" ser agora contraditório. A arte não é feita por fantasmas, mas por carne. (Me refiro a exposição de Carlos Alonso no MON de Curitiba).

Anônimo disse...

não sei... os escritores podem ser invisíveis, mas os seus textos, quem procura... [!!!!!]
super beijo dan
.
bruna